Encontre um Artista

48 resultados encontrados

  • Larissa Schlemmer

    Larissa Schlemmer Larissa Schlemmer é formada em Arquitetura e Urbanismo atualmente, porém traz consigo ao longo de seus 27 anos o desenho a mão como forma de expressão e paixão. Através da simples nanquim a artista retrata de forma minimalista e particular coisas da vida cotidiana. Sente que simplifica através dos traços pretos as pequenas felicidades de uma vida colorida. As obras são desenhos intimistas. Representações minimalistas de cenas que ao olhar da artista, possuem muita vida e personalidade. Usando pouca cor ou quase nenhuma represento ou interpreto de forma simples, cenas que me fazem sentir. Cada ilustração é especial e representativa. Contato para contratação através do WhatsApp (47) 984084842 ou instagram @lallyschlemmer 1/2

  • Daniel Viecili

    Daniel Viecili O catarinense Daniel Viecili utiliza o deboche para impulsionar a alegria e contestar nossa falível sociedade de consumo. A narrativa de suas obras são anti‑lineares e utilizam imagens cotidianas que quando combinadas de maneira inusitadas fazem o tempo passar de modo diferente. Um verdadeiro vandalismo mental. Nos seus quase 25 anos como artista, Daniel Viecili encontra‑se em um momento maduro de sua trajetória, mais de 100 mil pessoas já interagiram com suas obras através das dezenas de exposições individuais e mostras coletivas em galerias de arte, casas de cultura, feiras de arte, shopping centers e bistrôs, impactando um público consumidor ativo social e economicamente. danielviecili757@gmail.com 1/9

  • Didiê Kinsey

    Didiê Kinsey Didiê Kinsey é professor de Literatura e Arte, contador de histórias e poeta. Publicou dois livros de poemas e prepara um livro infantil para 2021. Criou o Zarolha Modern Way (ZMW), que é a sua maneira de ver o mundo. “Zarolha” é olhar de enviesado, de “revesgueio”, de um jeito torto. Às vezes você olha para uma imagem e imagina o que vem depois, Zarolha Modern Way é um olhar moderno para a dor. Com ultrassons e radiografias de tragédias familiares faz poesia visual. ​ 1/2

  • Megahmorfo

    Megahmorfo Megahmorfo [Otávio] é uma pessoa que desenha há 02 anos. influenciado pelo cartoon e pela facilidade de ver rostos em qualquer canto, segue experimentando traços sinuosos explorando a cromatica preto e branco. ​ 1/3

  • Dani Sousa

    Dani Sousa Artista conceitualista. Natural de Balneário Camboriú, graduada em Ciência da Computação e pós-graduada em Designer Gráfico e Estratégia Corporativa. Em 2002 produz o primeiro portal digital da cidade de Bombinhas-SC, que se destacou pela proposta visual e fotografias da artista. Um projeto próprio que durou mais de 12 anos na internet e resultou em 1000 exemplares impressos do Roteiro Guia Bombinhas. Em 2017, elabora pequenas peças em resina com elementos naturais. Em 2018 decide se afastar da “vida corporativa” por motivos de saúde e dedicar-se a arte. É despertada através da campanha da ONU 2018 sobre a “poluição plástica” e une o eterno fascínio pela arte com o propósito da sustentabilidade. Autodidata, começa suas pesquisas e desde então vem se dedicando à EcoArte e desenvolvendo sua técnica artesanal de reciclagem de resíduos plásticos para produzir suas próprias telas. Desde 2018 participa ativamente da Câmara Setorial de Artes Visuais BC e é Membro do GAP Balneário Camboriú (Grupo de Artistas Plásticos). Acadêmica Vitalícia da ANACLA - Academia Nacional de Ciências, Letras e Artes, ocupa a cadeira n° 26, patrono Cândido Portinari. Cadastrada no SNIIC AG- 11156. Artista do Grupo Versus. É mentora, produtora executiva e artista da Transmutare, uma exposição coletiva de arte sustentável com 23 artistas regionais, que une a arte, sustentabilidade, educação ao projeto sociocultural. Encanta-se pela magia, beleza e total reaproveitamento do vidro através do Glass Fusing. Segue realizando seu sonho produzindo “arte com sustentabilidade e propósito”. ​ 1/1

  • Kabide Kru

    Kabide Kru Em 2020 foi criado o kabide kru como um meio de organizar os trabalhos & projetos coletivos, buscando trazer a relação entre as artistas criadoras e outros artistas que se sintam interessados em cocriar com diferentes métodos & processos. ​ 1/1

  • Lia Fruhauf

    Lia Fruhauf lia, 20 anos, artista visual que se compõe de sentimentos abstratos que resultam em perspectivas subjetivas por meio da fotografia, ilustração, vídeo, tela, colagem e escrita. ​ 1/1

  • Stefani Silva

    Stefani Silva Stefani Beatriz da Silva é Catarinense, natural de Porto União SC e reside atualmente em Itapema-SC. Atua como Fotógrafa e Artista Visual, graduanda do curso de Tecnólogo em Fotografia pela UNIVALI – Universidade do Vale do Itajaí. Atua na área das artes plásticas, trabalhando principalmente com as técnicas de pintura em tinta Acrílica e Biro art. A maior parte de suas obras tem como eixo temático figuras indígenas, que começaram a ter mais presença em seu trabalho após ter vivido uma convivência na aldeia Nfukuá – Alto Xingu em 2017. Todas as obras da artista foram coloridas com tinta acrílica em diversos materiais, entre eles tela em matéria pvc , papel Canson e a própria tela de pintura. Sua principal coleção é Brasil que conta com oito quadros sendo eles: A Índia (2020) e Colo de Mãe (2020), Sertão (2020), Baiana (2021), Sagrado (2021), Olhares 1 (2020), Olhares 2 (2020) e Além (2020). Toda a coleção foi produzida em período pandêmico e misturam expressões, luzes e contrastes, coloridos geralmente com marrom e variações dele na palheta. Suas obras trazem a tona a presença indígena e a simplicidade dos rostos de pessoas humildes que constituem também o povo e a história brasileira, as expressões mostram a simplicidade e a delicadeza dos rostos nas obras. ​ 1/3

  • Marcelo Urizar

    Marcelo Urizar Marcelo Urizar, realiza artes em desenhos de uma linha só, pintura com tinta acrílica, desenho digital, Artista mural. Autor do livro, "Uma Linha" ‑ 240 desenhos inéditos de mais de 20 anos de produção artística no Brasil. Criador do mural " Isadora e o caracol" CASACOR ‑ SC ‑ 2018. (270 M2) Premio melhor ambiente comercial de uso publico CASACOR ‑ SC ‑ 2019. (restaurante Motirô) Premio Reconhecimento trajetória cultural ‑ SANTA CATARINA ‑ 2020 ​ 1/2

  • Brianne Lee

    Brianne Lee Brianne Lee é artista visual com foco em fotografia analógica. Iniciou suas atividades artísticas quando criança pintando a óleo nos tempos vagos e percebeu sua paixão por fotografia analógica em meados de 2009, o que a incentivou a cursar a graduação de Fotografia no ano seguinte. Desenvolveu diversos trabalhos autorais durante este período, os quais teve oportunidade de expor em território nacional e internacional. Atualmente passa por uma fase de experimentação com vídeo, desenho digital e pintura livre. hello@briannstorm.com 1/2